sexta-feira, 4 de janeiro de 2019



no interior dos meus cômodos 
incômodos
resvalam do que foi pleno em mim

por fim
uma borboleta em desfrute



Ursula Avner



8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. "no interior dos meus cômodos" adorei isso! Ursula o poeta está de volta, deixo pra vc o novo endereço do meu blog, espero sua visita.

    https://jorggepoeta.blogspot.com/

    ResponderExcluir