quinta-feira, 26 de maio de 2011

* Intenso *

fonte da imagem : Google

despenque sobre minha cabeça
todo azul do céu
que me abrace o anil
o turqueza o petróleo
todos os tons de azul
todo azul em mil tons

fugiu do mar
do teu olhar
da tela do artista
o azul que não me sai da vista

Úrsula Avner

10 comentários:

  1. belíssimo Úrsla, o azul é uma das cores mais lindas que há. Sa poesia transmite isso.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Un gusto visitarte amiga.. un beso.

    Que disfrutes del fin de semana .. siempre es un honor pasar por tu espacio..

    Un abrazo
    Saludos fraternos.

    ResponderExcluir
  3. avistas o azul em todas matizes sonoras,

    beijo

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo, Úrsula!

    Azul também é a minha cor-paixão.

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  5. Desse azul, tão intenso e múltiplo, não sairás jamais, Úrsula!

    Praga boa, né?

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Úrsula amiga, quem não gostaria de morar no azul, não é mesmo?
    Mais um belo poema perfumado!
    Bj e bom domingo

    ResponderExcluir
  7. Úrsula, muito belo, um poema azul como o céu de maio. Bj

    ResponderExcluir
  8. Obrigada a todos que aqui deixaram seu carinho em forma de palavras. Um abraço com afeto.

    ResponderExcluir
  9. me vi perdidotambém este azul todo, nesta alegria anil

    ResponderExcluir