sábado, 7 de setembro de 2013

O voo do pássaro

                                                     

agora você pode voar
e decidir voltar 
se e quando quiser
quem ama
deixa o outro seguir
ir e vir 
ou simplesmente
partir
Quem saberá ?
Se eu vou esperar ?
Não sei
profundo é o mistério de amar
seja livre
saiba que te amei
talvez amanhã
ainda amarei
o que importa
é a marca que deixei
o sentimento que plantei


Úrsula Avner


* imagem retirada do Google sem registro de autoria

15 comentários:

  1. "quem ama deixa o outro seguir..."

    Eis uma verdade, Úrsula, tão difícil de se pôr em prática, infelizmente...

    Seus poemas sempre nos fazem refletir. Gosto imenso de sua poesia, de seu lirismo!

    Beijos ternos,
    Hercília.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Hercília, obrigada por seu carinho. Também admiro imensamente sua escrita poética e aprendo muito com você. Bjos.

      Excluir
  2. É misterioso esse amor que ama e vê partir, por vezes espera, ou segue.
    Bom te ler, estava sentindo falta da tua poesia que nos faz tanto bem!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula, muito grata por sua visita e carinhoso comentário. Beijo.

      Excluir
  3. Achei muito bonito este poema Úrsula.
    Estas idas e vindas nos relacionamentos são uma realidade muitas vezes dura e uma forma estranha de amar, mas que às vezes acontece mesmo. Cada um tem o seu tempo e a sua percepção dos fatos.
    Abraço,
    Daniel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isso aí Daniel... Abraço para você também.

      Excluir
  4. Sábio e lindo poema, Úrsula!
    Saudade de você também.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  5. belo, belo

    e sábio como disse a Dade


    beijo

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida
    Sim, é o que vale,afinal!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida
    Sim, é o que vale,afinal!!!
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  8. Amor é liberdade, por mais dolorido que seja. Profundo é o mistério de amar, realmente, "Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar." (Dalai Lama). Essa generosidade é muito bonita. Beijos de boa semana

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, Úrsula. Vim do blog da amiga Anne, e resolvi conhecer o seu, uma vez que ela recomendou.
    Amei as poesias que li, e já estou seguindo, a fim de voltar e comentar com calma necessária.
    Beijos na alma e tudo de bom!
    Excelente mês de dezembro!

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde, Úrsula. Suas poesias são belíssimas e eu fico aguardando o seu movimentar poético, não podes parar de postar, na minha opinião.
    Parabéns!
    Tenha um excelente fim de semana de paz!

    ResponderExcluir
  11. Lindo. Profundo é o mistério de amar...

    ResponderExcluir