segunda-feira, 30 de novembro de 2009

* Mera contemplação *

mulher canção
cabelos desfibrados
emolduram-se ao vento

mulher solidão
olhos no céu plantados
face de quem dribla o tempo

tempo para
tempo escoa
tempo corre
tempo voa

mulher dorme
no berço do tempo
vida escorre
onde perdeu-se o lamento


Úrsula Avner

15 comentários:

  1. "... E de novo acredito que nada do que é
    importante se perde verdadeiramente.
    Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas,
    dos instantes e dos outros.
    Comigo caminham todos os mortos que amei,
    todos os amigos que se afastaram,
    todos os dias felizes que se apagaram.
    Não perdi nada,
    apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

    Miguel Sousa Tavares

    Abraços com todo meu carinho.
    Uma linda semana com muito amor e carinho.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, belíssimo!

    Somos todas essas mulheres e mais outras, precisamos delas em cada tempo.

    Amei o poema!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Linda imagem, lindo poema. As mulheres que nós somos. Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite amiga...
    Que poema lindo!!!
    Mulheres,ah essas mulheres.Lindo!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Ola minha linda!
    Te espero na ventania do Poetas um voo Livre e no carinho amizade so sinal de Liberdade.
    Quanto Tempo?????Saudades??

    Venha te espero lá.

    Mulher....Mulher, tem segredo e beleza que só o seu interor conheçe.
    Um grande abraço amiga.
    sandra

    ResponderExcluir
  7. Convido vc. para vim comigo num cantinho bem especial...
    Topas???
    Então...
    Convido para viajar comigo até Portugal..
    Ficou curiosa, então veja:
    Deixo o convite aberto para vc. vim participar do meu momento em Portugal.
    Siga este endereço e veja quem está lá.

    Venha para Portugal e veja quem está lá.
    clique neste endereço.
    http://olhardireito.blogspot.com/2009/12/momentos-8poema.html
    deixe seu recadinho lá.

    1º concurso de Poesia.
    Venha viajar comigo.
    Será um grande prazer ter a sua companhia nesta linda viagem.
    Se você achar melhor ir pelo blog da Curiosa é só acessar o link e tenha uma linda viagem...
    Com muito carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  8. Convido Você para viajar comigo até Portugal..
    Ficou curioso, então veja:
    Deixo o convite aberto para vc. vim participar do meu momento em Portugal.
    Siga este endereço e veja quem está lá.

    Venha para Portugal e veja quem está lá.
    clique neste endereço.
    http://olhardireito.blogspot.com/2009/12/momentos-8poema.html
    deixe seu recadinho lá.

    1º concurso de Poesia.
    Venha viajar comigo.
    Será um grande prazer ter a sua companhia nesta linda viagem.
    Se você achar melhor ir pelo blog da Curiosa é só acessar o link e tenha uma linda viagem...
    Com muito carinho
    Sandra

    ResponderExcluir
  9. Ah Úrusla, o que dizer diante de tanta sendibilidade e beleza. O de sempre né. Adorooo vir aqui. Suas poesias são lindíssimas. Um acalento para a alma. Bjssss

    ResponderExcluir
  10. Mulher, ser contagiante, único, ser que ama e sofre por amor, mulher que também faz sonhar com amor, mulher, mãe, mulher o meu amor.

    ResponderExcluir
  11. "mujer canción
    de cabellos débiles
    que el viento da forma

    muljer soledad
    de ojos plantados en el cielo
    con cara de quien engaña al tiempo

    tiempo que para
    tiempo que fluye
    tiempo que corre
    tiempo que vuela

    mujer que duerme
    en la cuna del tiempo
    vida que se escurre
    donde se perdió el lamento"


    Un saludo y un beso, después de leer e interpretar tu poema

    ResponderExcluir
  12. Mulher que brilha, mulher que ama e que chora, mulher que faz a hora e sabe para onde ir, mulher tão importante quanto o ato de parir. Parabéns pelo lindo poema e pela graça de ser mulher.

    J.A.Botacini

    Zezinho.

    ResponderExcluir
  13. Mulheres...
    Somos uma e somos todas!


    Suavemente lindo!!!!
    Adoro te ler!

    Bjão, Úrsula!

    ResponderExcluir
  14. I translated, and was amazed to know your poetic skills! :)

    Forest Warbler

    ResponderExcluir
  15. Agradeço sincera e afetuosamente a cada um dos amigos, amigas e visitantes que aqui deixaram registradas palavras de carinho. Um abraço a cada um.

    ResponderExcluir